Diferentes tipos de EPDs

O International EPD® System oferece diferentes tipos de EPDs para atender às diferentes demandas do mercado.

O tipo mais comum de EPD é a EPD específica de um produto de uma única empresa, baseado em uma PCR válida e descrevendo o impacto ambiental do ciclo de vida de um ou mais produtos de uma única empresa. 

A seguir é listado os tipos especiais de EPDs que são oferecidos além da EPD específica de um produto de uma única empresa:

 

Entre em contato com a Secretaria para saber mais sobre as diferentes opções.

EPD de indicador único

O International EPD® System permite a possibilidade de adaptar as informações fornecidas às necessidades específicas do usuário e às aplicações do mercado, introduzindo o conceito de “EPDs de indicador único”, com foco em uma única categoria de impacto ambiental.

 

A mais popular das EPDs de indicador único tem sido a Declaração do Climática, que declara apenas a pegada de carbono do produto e faz referência à EPD para obter mais informações sobre outros impactos.

CONTEÚDO DE UMA DECLARAÇÃO CLIMÁTICA

Uma Declaração do Clima descreve as emissões de gases de efeito estufa expressas em CO2 equivalente no ciclo de vida de um produto. Este indicador é muitas vezes referido como "pegada de carbono". Elas baseiam-se em resultados verificados a partir da avaliação do ciclo de vida (ACV), de acordo com a norma ISO 14025.

Uma EPD de indicador único deve fornecer informações da EPD e em como ela pode ser encontrada para se obter informações sobre o impacto ambiental total do produto declarado. As EPDs de indicador único também devem incluir a seguinte declaração: "Esta EPD de indicador único aborda apenas uma categoria de impacto e não avalia outros possíveis impactos sociais, econômicos e ambientais decorrentes do fornecimento deste produto".

CRIANDO UMA DECLARAÇÃO CLIMÁTICA

 

Quando uma EPD é registrada, um documento de Declaração Climática pode ser criada pela secretaria mediante solicitação no formulário de registro. Isso pode estar sujeito a uma taxa. A Declaração Climática terá como base as informações sobre o produto, a organização e o indicador do Potencial de Aquecimento Global a partir da EPD.

Mais informações sobre EPDs de indicador único, como declarações climáticas, estão disponíveis nas Instruções gerais do programa.

Declarações Climáticas e EPD

Uma EPD de indicador único, como as Declarações Climáticas, só pode ser publicada se uma EPD completa for registrada. Informações sobre onde encontrar informações adicionais devem ser incluídas na EPD de indicador único.

 

EPD Setorial

O International EPD® System permite que uma associação industrial desenvolva uma EPD na forma de uma EPD setorial. Uma EPD setorial declara o produto médio de múltiplas empresas em um setor claramente definido e / ou área geográfica. Qualquer comunicação dos resultados de uma EPD setorial deve conter a informação de que os resultados se baseiam em médias obtidas do setor, conforme definido no documento. A comunicação não deve alegar que os resultados da EPD setorial são representativos de um determinado fabricante ou de seu produto.

No contexto da EN 15804, uma EPD setorial é por vezes referida como uma “EPD Média”. Em outros lugares, elas podem ser chamadas de "EPD de toda a indústria" ou "EPD genérica".

 

Pré certificação de EPD

O International EPD® System inclui a possibilidade de pré-certificação de EPD como uma etapa inicial para publicar informações ambientais de um produto durante o desenvolvimento de uma PCR (Regra de Categoria de Produto) para uma nova categoria de produto. A pré-certificação não é aplicável para uma categoria de produto no caso de uma PCR existente (válida ou expirada). 

 

Uma pre-certificação de EPD pode servir como um exemplo prático e, assim, facilitar o processo de desenvolvimento da PCR nas discussões entre as partes envolvidas. A pré-certificação também dá a uma organização a possibilidade de informar antecipadamente o mercado sobre o desempenho ambiental de seus produtos.

 
 

EPD digital

O International EPD® System permite a possibilidade de adaptar as informações fornecidas às necessidades específicas do usuário e às aplicações do mercado, introduzindo o conceito de “EPDs digitais” (Machine-readable data), transferindo algumas das informações de uma EPD para um formato legível por máquina.

EPD DE MÁQUINA-READÁVEL

As informações de EPD digitais são armazenadas em um formato de arquivo em um banco de dados separado, hospedado pelo International EPD® System, que pode ser usado para diferentes aplicações e abrirá novas maneiras de fazer uso da comunicação do desempenho ambiental dos produtos. Todos os dados digitalizados estão ligados às EPDs publicadas no International EPD® System e, portanto, permitem a comunicação dos impactos ambientais dos produtos de forma quantitativa, confiável, comparável e compreensível, com base em um formato de comunicação estabelecido.

 

PLANO DE FUNDO DO DESENVOLVIMENTO DO FORMATO

Seguindo os desenvolvimentos da International Open Data Network for Sustainable Building (InData), a estrutura e o formato dos dados estão alinhados com as discussões de formato na rede InData.

A iniciativa InData é baseada em instrumentos e padrões já existentes. Assim, utiliza o chamado formato de dados ILCD + EPD. O formato de dados do ILCD, desenvolvido pela DG JRC da Comissão Europeia, é amplamente utilizado no contexto da ACV. Extensões tiveram que ser adicionadas para integrar informações específicas das EPDs (por exemplo, cenários, módulos, tipo de dados). O formato escolhido oferece uma grande flexibilidade, o que permite a adaptação de requisitos nacionais específicos relacionados ou alterações nas normas subjacentes (por exemplo, alterações M350 da EN 15804) no futuro.

APLICAÇÕES

A sustentabilidade no setor de construção é um assunto de crescente interesse. A ACV no nível do edifício é um instrumento central para a avaliação de aspectos de sustentabilidade ambientalmente relevantes. Os dados necessários sobre os materiais são fornecidos nas declarações ambientais de produto (EPD), com base em métodos de cálculo de acordo com as normas europeias ou internacionais (por exemplo, EN 15804, ISO 21930). Portanto, a demanda de dados em formato digital é cada vez maior.

A transformação das informações das EPDs para o formato digital (machine-readable format) ampliará as oportunidades de aplicação das informações das EPDs em áreas como compras públicas, ferramentas de avaliação de edifícios e outras ferramentas de cálculo ambiental.

CRIANDO EPDS DIGITAIS

Quando uma EPD é registrada, um arquivo digital pode ser criado pela secretaria mediante solicitação. Isso pode estar sujeito a uma taxa. A empresa também pode fornecer um arquivo xml pronto durante o registro para ser publicado no banco de dados. As informações no arquivo legível por máquina são baseadas nas informações da EPD. No momento, as EPDs digitais estão disponíveis para EPDs de produtos que estão em conformidade com a norma EN 15804.

 

Para obter mais informações sobre EPDs digitais, entre em contato com a Secretaria.

CONSULTA DE EPD DIGITAIS

​É possível acessar o banco de dados das EPD digitais (machine-readable format).

Para isso acesse o link http://environdec.lca-data.com.

Para obter mais informações sobre EPDs digitais, entre em contato com o polo regional Brasil.

Para acessar o banco de dados completo do International EPD® System, clique aqui (você será redirecionado para o site environdec.com)

© 2019 Fundação Vanzolini