Sistemas de avaliação de edifícios

O interesse pelas declarações ambientais em sistemas de avaliação de edifícios, tais como AQUA-HQE e LEED, aumentou nos últimos anos. Isso ocorre devido ao reconhecimento dos benefícios das EPD, bem como a abordagem do ciclo de vida, a divulgação transparente de categorias relevantes de impacto e a verificação independente.

O uso de EPDs em sistemas de avaliação de edifícios

O programa EPD Brasil® baseia-se na norma NBR ISO 14025 (declarações ambientais) e EPDs e PCR relevantes são compatíveis com a norma europeia EN 15804. Este tipo de informação pode, em alguns casos, ser utilizada em sistemas de avaliação de edifícios para demonstrar o conhecimento dos impactos do ciclo de vida ambiental dos materiais de construção.

O International EPD® System é membro fundador da ECO platform e possui acordos com operadores de programas estabelecidos. Assim o programa tem feitos esforços afim de harmonizar as EPDs para produtos de construção em toda a Europa. 

No Brasil, o programa segue os mesmos moldes aplicados na Europa. 

 

Por que as EPDs são apropriadas para os sistemas de avaliação de edifícios?

As EPDs são adequadas uma vez que:

  • são baseadas em padrões internacionais;

  • Incluem a perspectiva do ciclo de vida ( berço ao portão, berço ao túmulo, dependendo do produto)

  • Cobrem várias categorias de impacto ambiental 

  • São verificadas de forma independente e visam a comparabilidade em uma mesma categoria de produto.

Como usar as EPDs?

AQUA-HQE

A certificação HQE no mundo é operada pelo Cerway. Neste sistema de avaliação as EPDs são valorizadas para os níveis mais elevados da categoria 2.

Para os edifícios não residenciais, as EPDs que estão de acordo com a ISO 21930 ou a EN 15804 são referenciadas nos itens 2.3.1 e 2.3.2. Nestas exigências a pontuação é determinada pela parcela de EPDs disponíveis para cada família de produtos. Além disso, pontos adicionais podem ser alcançados se estratégias para limitar os impactos ambientais são adotadas com base em comparações de EPDs. Maiores informações podem ser encontradas nos sites AQUA-HQE e BeHQE

Para edifícios residenciais os requisitos são similares e são encontrados no item 2.2.

LEED

O LEED é um sistema de avaliação de edifícios pelo US Green Building Council (USGBC). 

Na versão 4 do LEED, dois pontos são possíveis para projetos que possuem declarações ambientais, como EPDs, que demonstrem uma redução no impacto ambiental em relação a média da indústria. Mais informações estão disponíveis no site USGBC

EPDs para o edifícios inteiro

É possível usar EPDs para todos os tipos de bens e serviços. Assim, é possível desenvolver e publicar uma EPD para um edifício inteiro, utilizando a PCR 2014: 02 para edifícios. Esta PCR refere-se à norma européia EN 15978 Sustainability of construction works - Assessment of environmental performance of buildings - Calculation method.

 

Uma EPD para um edifício é uma declaração transparente do impacto do edifício em seu ciclo de vida e não contém qualquer avaliação do edifício, como por exemplo um desempenho ambiental "bom" ou "ruim". Portanto, uma EPD de um edifício poderia ser usada como uma entrada para a análise em um sistema de avaliação de edifícios.  

© 2019 Fundação Vanzolini